Regras de planejamento do orçamento da sua campanha

Quanto você deve gastar e como?

O planejamento de um orçamento de campanha é feito com cálculos frios para evitar a falta de dinheiro durante os dias
finais e mais críticos da campanha. Ao começar a preparar um orçamento, você deve se lembrar dessas regras simples.

Regras de ouro:

Monte seu orçamento do dia da eleição para trás – a maioria das pessoas não se decide até as últimas duas ou três semanas da campanha. Não cometa o erro de ficar sem dinheiro justo quando as pessoas estiverem começando a prestar atenção na
corrida.
Seja realista sobre quanto dinheiro você pode arrecadar e gastar – nada é pior em uma campanha do que esperar receber uma certa quantia de dinheiro e então ter que reduzir os gastos necessários para vencer. É por isso que sugiro as próximas duas ideias – reduzir as estimativas de receita em 15% e aumentar as despesas estimadas em 15%.
Destine 65% de suas despesas totais para contato com eleitores – se você estiver gastando mais de 35% em contato com não eleitores, precisará reajustar suas prioridades. Eu defino o contato dos eleitores como boletins informativos, cartazes, internet, correio, telefones, rádio e televisão.
Destine 10% de todo o orçamento estimado para contingências – mesmo que você faça todos os itens acima, você ainda terá despesas inesperadas e não deseja que a campanha termine no vermelho – então prepare-se para o inesperado.

Receita:

Você não vai  ganhar só porque tem mais dinheiro do que o adversário, mas certamente é correto dizer que a maioria das campanhas perdedoras não tinha recursos suficientes para levar sua mensagem aos eleitores. O primeiro exercício ao criar um orçamento é ter uma ideia realista de quanto dinheiro você pode arrecadar. Você pode ter uma boa ideia analisando campanhas anteriores semelhantes em tamanho e duração ou conversando com pessoas envolvidas em tais campanhas. Abaixo estão algumas das fontes de dinheiro da campanha.

Dinheiro Pessoal – alguns candidatos podem se dar ao luxo de colocar seu próprio dinheiro na corrida, outros não podem.
Geralmente você deve emprestar à campanha o seu dinheiro para que poder recuperar parte ou todo o dinheiro.
Principais doadores – Determine doadores regulares para campanhas políticas. Doar é um comportamento e aqueles que dão darão novamente.
Eventos e correspondência – Eventos e correspondências são duas das formas mais caras de arrecadar dinheiro, mas são utilizados rotineiramente. Os eventos levam tempo para serem configurados e geralmente exigem algum tipo de convite, além de custos de catering. Muitas vezes, no entanto, eventos, especialmente com convidados especiais, são a única maneira de interessar potenciais doadores. O correio é provavelmente a maneira mais cara de arrecadar dinheiro. Se você usar listas para prospecção, pode esperar um retorno inferior a 5% do total do universo enviado.
Empréstimos/Pessoal e de Outros – Se você estiver disposto a colocar seu nome em um empréstimo e não se importar em pagá-lo, ganhando ou perdendo, isso pode ser outra fonte de dinheiro.
Em espécie – Muitos bens e serviços estão disponíveis em espécie, o que significa que as pessoas que não podem ou não querem dar dinheiro podem fornecer serviços de impressão, catering, de assistência técnica, etc.

Despesas:

Depois de determinar quanto dinheiro você pode razoavelmente esperar levantar, faça uma avaliação de quanto você precisará gastar. Para determinar um valor, aqui estão algumas chaves para avaliar as despesas estimadas.

Ambiente político/histórico – é uma eleição majoritária ou proporcional? Veja o histórico de disputas semelhantes e quantas pessoas votaram nas últimas eleições.
Quem está na corrida e quantos – se é uma majoritária com duas ou uma proporcional com trinta e oito pessoas concorrendo é o que determinará sua estratégia e seu orçamento.
Você é conhecido? Se você já é bem conhecido tem uma vantagem, porque a identificação do nome é fundamental para ajudar a conduzir sua mensagem. Candidatos não tão conhecidos terão que gastar mais dinheiro.
Como você contatará os eleitores – os eleitores precisam ouvir sua mensagem repetidamente para entender sua mensagem. Usar uma variedade de métodos para entrar em contato com os eleitores é importante. Correio, rádio, televisão, cartazes, adesivos, folhetos, etc.

Depois de fazer essa avaliação inicial e calcular as receitas e despesas, você pode elaborar um orçamento que será um guia útil para a campanha. Muitas vezes você precisará ajustar seu orçamento durante o curso da campanha, mas as mudanças devem
ser feitas somente quando eventos imprevistos justificarem essa mudança.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.